• Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2003/2019 

E-Commerce Vírtua, Homecine Cloud e Grupo Vírtua são de Vírtua Serviços e Empreendimentos Ltda. 

Todos os direitos reservados.

Faz algum tempo em que o smartphone tornou-se muito mais do que um aparelho para conversação, aliás, para muitos, essa é a função menos utilizada nos aparelhos celulares. Ele tem inúmeras aplicações e uma delas é o poder de controlar os equipamentos eletrônicos e neste post, especificamente equipamentos de home theater. Isso é a automação residencial.

A automação residencial engloba não só o controle do home theater mas sim tudo que compõe a residência e que seja ligado em uma tomada elétrica, como lâmpadas diremizáveis ou comuns, persianas ou cortinas elétricas, ar condicionado, ventilador de teto, projetor, câmeras de segurança, fechadura elétrica etc.

 

Neste tópico venho mostrar algumas imagens da automação que fiz em minha sala de home theater.

A minha pretensão é guardar os vários controles dos equipamentos, transferindo as suas funções para um controle remoto único e para isso utilizo um tablet. Dessa forma e no meu caso, substitui os controles remotos da tv, decodificar de sinal satélite, hptc, receiver e bluray player, ou seja, cem por cento dos equipamentos de home theater.

Essa primeira imagem denomina ‘atividades’ e serve como a homepage do automação. Com um toque na imagem, o equipamento é ligado e ativa os demais equipamentos que são utilizados. Por exemplo, para assistir canais da tv aberta, ao tocar na figura da tv, é também ligado o receiver, para que o áudio da tv aberta seja amplificado pelo receiver. Se eu quiser apenas ouvir rádio fm, tocando na imagem do receiver, o sistema desliga a tv e altera a entrada do sinal para a rádio e pode ainda levar para uma rádio favorita.

A atividade de cada um dos equipamento, aciona os comandos a ela atribuídos em poucos segundos e após, exibe a página do controle remoto do equipamento.

Todas as funções dos controles remotos são transferidas para o tablet, que passa a ser de fato o controle remoto de todos os equipamentos, com muitas vantagens.

 

Hardware necessário para a automação

 

Para automatizar os equipamentos, são necessários alguns produtos de hardware, quais sejam, um tablet ou smartphone, rodando Android ou iOS, um dos modelos do Global Caché e só. O Global Caché é um produto que faz a ponte e converte os sinais de infra vermelho dos controles remotos. O Global Caché, em modelo mais básico, tem custo em torno de R$ 1 mil e pode alcançar R$ 3 mil, na versão mais avançada (que controla também iluminação)

Com relação ao controle remoto em sí, eu uso um tablet simples, um Samsung Galaxy Tab3, com Android 4.2, que tem custo médio de R$ 500, mas pode ser qualquer outra marca ou modelo, quer seja tablet ou smartphone.

 

Software necessário para a automação

Caso a automação seja feita diretamente, necessário adquirir licença do software iRule, que tem custo de US$ 100 ou hospedar o projeto em uma licença compartilhada com o desenvolvedor e neste caso, não haverá custo adicional, ou seja, não há a necessidade de compra da licença.

 

No vídeo abaixo, uma ideia superficial das telas de automação de alguns equipamentos do home theater.