• Lilian Pignatari

+ 10 FILMES HOMECINE FORA DO CIRCUITO DE HOLLYWOOD - Parte II



São longas em que a originalidade da direção, as mentes brilhantes dos roteiristas e as ótimas interpretações dos atores se transformam em verdadeiras obras-primas. Muitas dessas produções não chegam a ficar tão conhecidas quanto os grandes lançamentos de Hollywood, mas são, de fato, únicas.

SAproveitem mais esses 10 belos exemplares da Sétima Arte ao redor do mundo.



11- Cinema Paradiso (Itália/França, 1988) - Nuovo Cinema Paradiso

Nos anos que antecederam a chegada da televisão em uma pequena cidade da Sicília, o garoto Toto ficou hipnotizado pelo cinema local e iniciou uma amizade com Alfredo, projecionista que se irritava com certa facilidade, mas tinha um enorme coração. Todos estes acontecimentos chegam em forma de lembrança quando Toto, agora um um cineasta de sucesso, recebe a notícia de que Alfredo faleceu.

ImdB: 8,5

Rotten Tomatoes: 97%

Onde assistir: Homecine



12- O Segredo dos Seus Olhos (Argentina, 2009) - El secreto de sus ojos

É o quarto filme em que o diretor Juan José Campanella e o ator Ricardo Darin trabalham juntos.

Vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 2010.

No filme, Darín interpreta Benjamín Espósito, funcionário público que se aposenta e resolve escrever um livro. O tema que ele escolhe para o seu livro é o caso criminal que mais marcou a sua carreira no Tribunal Penal de Buenos Aires. Para ordenar as ideias, ele revê o homicídio que investigou em 1974 e termina repensando as decisões feitas no passado. Nessa busca vai tentar descobrir se consegue encerrar esse caso e alguns capítulos da sua vida.

ImdB: 8,2

Rotten Tomatoes: 93%

Onde assistir: Homecine



13- Calvário (Irlanda, 2014) - Calvary

Na história de Calvário, conhecemos o padre James, um sacristão verdadeiramente honesto. Certo domingo, durante uma confissão, ele recebe um ultimato: vai morrer em sete dias (no próximo domingo para ser mais exato). Sua morte inocente pagará os pecados de outros padres culpados, algo justo para o suposto assassino, que quando foi vítima também era inocente.

Calvário não é uma obra especificamente de cunho religioso, nem sobre pedofilia ou perversidades irlandesas. Na verdade, este é um estudo visceral sobre a desilusão humana, uma concepção carregada de um fatalismo pragmático assustador. Existem alguns sinais de esperança no contexto, evidenciados pela tentativa de redenção da personagem Fiona, filha que James teve antes de optar pela batina. Mas no geral, a desconfortável mensagem que fica é algo como "bem-vindo a este inexorável círculo de confusão e dor... puxe uma cadeira".

ImdB: 7,4

Rotten Tomatoes: 89%

Onde assistir: Homecine



14- Pássaros de Verão (Colômbia, 2018) - Pájaros de verano

“Pássaros de Verão” recorre à tragédia grega para falar do narcotráfico na Colômbia e narra a ascensão, a queda e o fim trágico de um clã wayúu.

Na década de 1970, na Colômbia, cresce o lucrativo comércio de marijuana. Raphayet, um descendente da tribo dos Wayúu, deseja se casar com a bela Zayda e não tem dinheiro para pagar o dote exigido pela mãe da garota. Então, ele começa a traficar maconha para jovens norte-americanos que chegam em missão ao país. Raphayet e sua família enriquecem, vivendo a chamada “la bonanza marimbera”. Mas, a guerra pelo narcotráfico pode colocar sua tribo e suas tradições em risco.

ImdB: 7,5

Rotten Tomatoes: 96%

Onde assistir: Homecine



15- Miss Violence (Grécia, 2013)

Angeliki comete suicídio enquanto a família comemora seu aniversário de 11 anos de idade. A família alega ter sido um acidente para escapar de agentes do serviço social que desconfiam de algo estranho no dia-a-dia da família.

Filme vencedor do Leão de Prata (direção), Miss Violence cria uma forte imagem cinematográfica (diria sádica) sobre o poder patriarcal, a violência intrafamiliar e o abuso do corpo feminino. Um dos filmes mais fortes que já tive a oportunidade de assistir.

O filme é bastante perturbador e chocante, sensação realçada ainda mais pela narrativa crua, pela fotografia um tanto apagada e escura e pelas atuações inexpressivas (e paradoxalmente fantásticas) dos atores envolvidos.

ImdB: 7,1

Rotten Tomatoes: 81%

Onde assistir: Homecine

16- Corpo e Alma (Hungria, 2017) - Teströl és lélekröl

A diretora húngara Ildikó Enyedi viajou o mundo com seu sétimo longa-metragem, Corpo e Alma, grande ganhador do Urso de Ouro no Festival de Berlim e indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro.

Uma história de amor que começou em sonho, literalmente. Numa dualidade entre o dormir e o acordar, dois jovens que não se conhecem têm sonhos exatamente iguais, e acabam se encontrando diariamente todas as noites nesse mundo paralelo de fantasia. Quando chega a hora de se encontrarem de verdade, a situação se mostra ainda mais complexa.

ImdB: 7,6

Rotten Tomatoes: 82% Onde assistir: Homecine



17- Retrato de Uma Jovem em Chamas (França, 2019) - Portrait de la jeune fille en feu

Na França do século XVIII, Marianne é uma jovem pintora que recebe a tarefa de pintar um retrato de Héloïse para seu casamento sem que ela saiba. Passando seus dias observando Héloïse e as noites pintando, Marianne se vê cada vez mais próxima de sua modelo conforme os últimos dias de liberdade dela antes do iminente casamento se veem prestes a acabar

Além disso, o filme conta com uma fotografia arrebatadora de Claire Mathon, não a toa lhe rendendo o prêmio César de Melhor Fotografia. O filme possui uma excelente narrativa, com uma construção delicada e profunda, e conta também com uma sequência final tocante. ImdB: 8,1

Rotten Tomatoes: 98%

Onde assistir: Homecine



18- Relatos Selvagens (Argentina, 2014) - Relatos salvajes

Em seis episódios imprevisíveis, perversamente divertidos e moralmente desafiadores, Relatos Selvagens é mais uma prova da exuberância criativa do cinema argentino.

Mais do que uma obra sobre a ira em situações extremas, o longa investiga com acidez, humor negro e grande sensibilidade a atual sociedade que construímos e alguns de seus mais profundos vícios e angústias. O filme é composto, na verdade, de um prólogo e cinco episódios independentes no que tange ao enredo, mas que se conectam tematicamente, costurando uma série de reflexões que se somam em um brilhante resultado final.

ImdB: 8,1

Rotten Tomatoes: 94%

Onde assistir: Homecine



19- Assunto de Família (Japão, 2018) - Manbiki kazoku

Há algo de único na forma como esta família casual de pessoas tão distintas é retratada pelas lentes extremamente sensíveis do diretor, ao passo em que vamos desvendando lentamente os laços forjados em segredos e mentiras que os unem.

'Assuntos de Família' desenvolve as motivações e desejos de seis personagens fascinantes, criando belos instantes de interação entre eles. É muito difícil atingir uma dinâmica tão fluida, simples e realista quanto esta.

ImdB: 7,9

Rotten Tomatoes: 99%

Onde assistir: Homecine



20- Guerra Fria (Polônia, 2018) - Zimna wojna

Durante a Guerra Fria entre a Polônia stalinista e a Paris boêmia dos anos 50, um músico amante da liberdade e uma jovem cantora com histórias e temperamentos completamente diferentes vivem um amor impossível.

Zimna Wojna (no original) prefere o intimismo, uma versão do amor palpável, sujeito a altos e baixos, tanto ao êxtase quanto ao tédio. O casal deste filme se comunica melhor quando fica em silêncio, quando se admira com certa melancolia, mas também admiração. O cinema é muito mais belo quando representa o amor ao invés de dizê-lo.

ImdB: 7,6

Rotten Tomatoes: 92%

Onde assistir: Homecine


Bônus:


Parasita (Coréia do Sul, 2019) - Gisaengchung

"Aja como se fosse o dono do lugar."

Toda a família de Ki-taek está desempregada, vivendo num porão sujo e apertado. Uma obra do acaso faz com que o filho adolescente da família comece a dar aulas de inglês à garota de uma família rica. Fascinados com a vida luxuosa destas pessoas, pai, mãe, filho e filha bolam um plano para se infiltrarem também na família burguesa, um a um. No entanto, os segredos e mentiras necessários à ascensão social custarão caro a todos.

ImdB: 8,6

Rotten Tomatoes: 98%

Onde assistir: Homecine


Olá, pessoas. Todos bem?

Aqui deixo mais alguns filmes fora do circuito. Excelentes, inteligentes, divertidos, inovadores... enfim, uma amostra do que o "pessoal" anda fazendo pelo mundo em matéria de Sétima Arte. Divirtam-se e comente os seus favoritos.

Abraços,


*Homecine Cloud é um streaming privado que pode ser acessado em site ou app para qualquer dispositivo conectado. Visite is.gd/homecine ou conheça o catálogo sem registro, utilizando o usuário e senha 999


51 visualizações0 comentário