• homecine cloud

Homecine: 14 filmes russos com nota 8+ disponíveis no homecine

Aos que curtem a cultura soviética essa lista vai agradar com certeza, eis que ela reúne os filmes com notas mais elevadas na comunidade IMDB e além desses, o homecine possui uma coletânea com mais de 50 filmes russos e todos podem ser vistos gratuitamente por 10 dias.

Confira a lista.


[Bônus] Quadrilogia WAR AND PEACE (1965/67) | Guerra e Paz - 8.0/8.3, de Sergey Bondarchuk Uma adaptação épica em quatro partes do romance "Guerra e Paz" de Leo Tolstoy, detalhando a vida de várias famílias aristocráticas russas em torno da invasão da Rússia por Napoleão em 1812.

COME AND SEE (1985) | Vá e Veja - 8.3, de Elem Klimov - União Soviética Impressionante e rigoroso filme russo. Um dos mais importantes dos últimos tempos. Vá e Veja é uma experiência de dor e perda. Considerado selvagem e lírico, o filme narra a trajetória de Florya, um jovem separado de seus comandantes durante a Segunda Guerra Mundial.


IVAN'S CHILDHOOD (1962) | A Infância de Ivan - 8.1, de Andrei Tarkovsky, União Soviética Durante a segunda Grade Guerra, os russos tentavam combater a investida nazista em seu território. Nas frentes soviéticas, Ivan, um garoto órfão de 12 anos, trabalha como espião, podendo atravessar as fronteiras alemãs para coletar informação sem ser visto, e vive sob os cuidados de três oficiais russos. Mas, após inúmeras missões, e com um desgaste físico cada vez maior, os oficiais resolvem poupar Ivan, mandando-o para a escola militar. Ganhador do Leão de Ouro em Veneza.


NOSTALGHIA (1983) | Nostalgia - 8.1, de Andrei Tarkovsky, Itália e União Soviética Andrei está escrevendo um livro sobre um compositor russo do século XVIII, refazendo seu caminho pela Europa para entender sua vida. Ao chegar a uma pequena e arcaica cidade italiana Andrei conhece Domenico, um homem que trancou a família em casa por 7 anos para protegê-los dos males do mundo; o homem é considerado louco por todos, mas Andrei vê algum sentido no que ele fez e cria uma certa obsessão por entendê-lo.


SOLARIS (1972) - 8.1, de Andrei Tarkovsky, União Soviética -

Solaris é um planeta distante, que vem sendo constantemente estudado há décadas, e cujo mistério sobre seu oceano ainda não foi esclarecido, nem seus efeitos. Por falta de interesse e resultados, a solarística está morrendo; aliado a isto, os membros na estação espacial que orbita o planeta estão sendo afetados pelo oceano. Por conta disto, o psicólogo Kelvin - conhecido de um dos doutores da solarística e amigo de um dos tripulantes - é mandado para a estação para averiguar a situação. Lá, ele percebe aos poucos que Solaris é, mais que um planeta, um espelho da alma.

SOY CUBA (1964) | Eu Sou Cuba - 8.2, de Mikhail Kalatozov, Cuba e União Soviética -

Quatro histórias independentes traçam um painel de Cuba entre a derrubada do regime de Batista e a revolução comunista. Em Havana, Maria envergonha-se quando o homem de quem gosta descobre como ela ganha a vida. Pedro, um camponês idoso, descobre que a terra que cultiva foi vendida a uma empresa. Um universitário vê seus amigos serem atacados pela polícia quando distribuíam panfletos a favor de Fidel Castro. Por fim, uma família de camponeses é ameaçada pelas forças de Batista.

STALKER (1979) - 8.2, de Andrei Tarkovsky, União Soviética -

Um misterioso acidente deixou um lugar inabitável. Para evitar a aproximação de curiosos o lugar foi isolado e é protegido por soldados o tempo todo, sendo conhecido como A Zona. Existe a promessa de que em algum lugar da Zona há um quarto onde o desejo de qualquer pessoa será realizado, mas o caminho até ele está cheio de armadilhas, e apenas os homens conhecidos como Stalkers são capazes de guiar outros homens até lá.

THE ASCENT (1977) | A Ascensão - 8.3, de Larisa Shepitko, União Soviética -

Durante a Segunda Guerra Mundial, um grupo de guerrilheiros russos lutam para sobreviver no meio do frio e dos nazistas. Dois soldados são enviados para procurar comida em uma vila próxima, mas são surpreendidos por uma patrulha alemã.

THE CRANES ARE FLYING (1957) | Quando Voam as Cegonhas - 8.3, de Mikhail Kalatozov, União Soviética -

Veronica e Boris estão andando nas ruas de Moscou e se amam. Veronica está rindo, porque eles são felizes juntos nesta manhã. Eles veem alguns guindastes no céu. Ao chegar à casa de Veronica eles falam sobre um encontro na margem do rio. E a 2ª Guerra Mundial começa em Moscou. Boris trabalha em uma fábrica e ele não tem tempo para falar com Verônica. Ele vai para a guerra sem se despedir de Veronica.

THE FOOL (2014) - 8.1, de Yuriy Bykov, Rússia -

Dima Nikitin é um encanador simples e honesto que trabalha em uma pequena cidade russa. Exceto por sua integridade incomum, nada o faz se destacar da multidão, até que uma noite, em um dormitório ocupado principalmente por bêbados e marginais, os canos estouram, colocando em risco os ocupantesrús. Todo mundo precisa ser imediatamente evacuado, mas ninguém se importa. Nikitin, então, parte em uma odisséia durante toda a noite para combater um sistema de burocratas corruptos e tentar resolver o problema do dormitório.

THE MIRROR (1975) | O Espelho - 8.1, de Andrei Tarkovsky, União Soviética - Um homem relembra o passado, entre as coisas que viveu de verdade e a imaginação sobre as coisas que lhe foram contadas e que se confundem com a memória.


Se você gostou das dicas e da matéria poderá compartilhar em suas redes para motivar novas postagens como esta. Ao final da página você poderá comentar sobre este artigo criando um fórum de discussão.

*Homecine Cloud pode ser acessado em site ou app para qualquer dispositivo conectado. Visite is.gd/homecine ou conheça o catálogo sem registro, utilizando o usuário e senha 999.

77 visualizações0 comentário